Biohacks Que Vão Fazer Seu Cérebro Ser Uma Máquina De Estudar

Biohacks são ajustes que você faz no próprio organismo para render mais e trabalhar melhor. Me refiro a condicionar seu corpo a render mais, ser mais eficiente e te ajudar a alcançar aquele objetivo: passar em um belo concurso público (você pode usar esses hacks para outras coisas também!).

A teoria é simples: entramos em nossas zonas de conforto e nos acostumamos com rotinas que não são as melhores possíveis. Precisamos fazer nosso organismo ser mais eficiente. E isso não é difícil!

Durma melhor

Dormir melhor é um dos melhores investimentos que qualquer um poderá fazer. Especialmente se você depende de sua capacidade cognitiva para atingir seus objetivos. Então, concurseiro, invista num bom sono.

Isso significa que você precisa de uma cama confortável e um travesseiro adequado. Mas, às vezes, não podemos sair gastando dinheiro por aí. Então, vamos tratar das coisas baratinhas:

  • reduza o uso de telas antes de dormir, quaisquer que sejam o tamanho. Nada de TV, PC ou telefone;
  • ler por uma hora antes de dormir ajuda na transição da postura alerta para a relaxada;
  • beba um chá de ervas, sem cafeína, e reflita sobre seu dia. Medite!
  • crie uma rotina que diga ao seu cérebro que a hora de dormir se aproxima;
  • um bom suplemento é o magnésio. Esse mineral ajuda a melhorar a qualidade do sono.

Inicie as turbinas

Agora que você dormiu bem e acordou revigorado, comece o dia turbinado!

Primeiro, um banho frio! brrrrrr!! Isso mesmo!
Se quiser, ou se estiver muito frio por aí, comece com a água quente e vá esfriando o máximo que conseguir. Mas lembre-se: quanto mais frio, melhor.

Depois, cafeína!



A cafeína se parece com a adenosina, um nucleosídeo que se combina com o neurônio e faz com que funcione mais lentamente. No entanto, ao se combinar com o neurônio, a cafeína bloqueia temporariamente a ação da adenosina e, além disso, estimula o sistema nervoso autônomo.

Então, bloquear a adenosina e estimular o sistema nervoso autônomo é fera! Tome um cafézinho ou um chá (preto ou verde). A cafeína presente na bebida vai te ajudar.

Alguns gostam de turbinar o café. E confesso que já tentei e funcionou muito bem. Pode ser que tenha sido somente pelo efeito placebo… ou pode ser que tenha funcionado mesmo. O que eu fiz? Uma caneca de café forte, uma colher de sopa de óleo de coco e uma colherzinha de manteiga. Ponha o café e a manteiga no liquidificador, tampe e comece a bater; abra a tampinha e, aos poucos, derrame o óleo de coco, para que ele emulsifique. Pronto. Beba.

Olha, muitos dizem que isso é estória para boi dormir, mas tem gente que jura de pé junto que funciona. Por enquanto eu estou do lado dos que acreditam, afinal, fiquei mais ativo.

Repense suas tarefas

Você dormiu bem, iniciou as turbinas corretamente e agora vai começar a estudar. Muita gente dá com a cara na parede nessa hora. Começar os estudos pode ser muito difícil. Então, antes de começar, revise o planejamento do dia.

Estou assumindo que você fez seu cronograma, certo? Agora você irá revisar o planejado para o dia, ou lançar a informação na sua memória RAM.

Pare e pense. Reflita sobre as tarefas, os trajetos, as refeições, as aulas, os demais compromissos. Anote todas as coisas que precisa lembrar. Não deixe nada para a memória. Ela é para o conteúdo.

Se você usa (e deveria!) algum software para acompanhar suas tarefas e planejamento de estudos, abra-o agora e revise-o.

Faça desse processo um ritual matinal!

Disciplina mental

Revisou o planejamento diário? Excelente!!

Agora é hora de executá-lo. Sente-se e mande bala nos estudos. Faça sua seção de estudos de 45 ou 90 minutos, dependendo do seu rendimento pessoal. Depois de cada seção, levante-se, alongue-se, faça uma breve caminhada ou coma uma fruta ou mande um suco cognitivo para dentro.

Esses intervalos devem ser cronometrados também. A ideia é bem simples, na verdade: tempo certo de estudo e tempo certo de intervalo. Depois de algumas semanas, mudamos o tempo de estudos em alguns minutos. Lembre-se que o ser humano se adapta a tudo e o nosso cérebro é extremamente capaz de ficar confortável mesmo com situações que considerávamos impensáveis tempos atrás. Por isso você não deve deixar seu cérebro comfortável!. O cara tem que ralar!

Uma dica que pode ser que sirva para você é diferenciar completamente os estudos do intervalo. Comece com o local e a música. Se você está estudando no quarto, em silêncio, vá para a sala e coloque uma música; aproveite para alongar e tomar um suco.

Não se engane: esse suco é combustível para o cérebro, então faça um bom! Que tal esse aqui:


  • 3 limões, limas ou laranjas
  • 1 beterraba
  • 2 colheres de mel ou quanto baste de açúcar
  • 1 cenoura pequena
  • quanto baste de gelo

Esprema os cítricos; bata a beterraba e a cenoura no liquidificador e adicione o suco dos limões, limas ou laranjas; adicione o mel e um pouco de água, se necessário. adicione o gelo e mande para dentro! Esse suco é rico em fibras, minerais, vitaminas, antioxidantes e fitoquímicos! É excelente para ajudar nas funções cognitivas, além da vitamina C. E o gosto é ótimo!



Volte aos estudos!

Foco Total

Se você conseguir fazer todos os passos anteriores por alguns dias, estará pronto para tentar esse aqui.




Esse é o estado de Foco Total. É nele que você consegue estudar com a melhor qualidade; acertar mais questões; entender mais facilmente. E por que? Porque você tirou as distrações e mirou nos estudos! E atingir o Foco Total não é fácil, mas você consegue!

Lembre-se que você precisa ter dormido bem, precisa estar turbinado, modivado, planejado, em paz consigo.

Você deverá:

  • remover todas as distrações, incluíndo redes sociais e celular
  • avisar a família que você estará inacessível;
  • se concentrar somente naquilo que está estudando;
  • fazer notas de qualidade, para não precisar refazer a leitura; e
  • aprender a dizer não! À festas, a passeios, mesmo à assitir séries.

Com isso, você estará funcionando num ritmo muito mais elevado do que seus concorrentes.
Se você usar esses biohacks, me conta, tá?

Sucesso!

delchi bruce

Compartilhar Comentários