Como Instalar O f.lux No OpenSUSE Leap 42.1


Essa semana eu falei sobre como é importante dormir bem e acordar bem disposto para render bem nos estudos.

Uma das dicas que os especialistas sempre levantam é reduzir a quantidade de luz azul a que nos submetemos antes de dormir. Essa luz está nos televisores, monitores e telefones e prejudica o sono.

Isso porque a luz azul inibe a produção de malatonina, que é um hormônio cuja principal função é regular o sono. A luz azul prejudica a produção desse hormônio em até 50%. Então, se você não consegue ficar longe do computador, seja por causa dos estudos, de trabalho, ou diversão, sugiro usar o f.lux.

Esse aplicativo é interessantíssimo! Ele altera as cores do monitor, ajustando a quantidade de luz azul a partir de uma certa hora. Então, de noite a tela fica com cores mais quentes. Não ache que não dá pra ver a diferença, porque ela é perceptível.

Essa diferença de cores vai diminuir a interferência do computador na sua produção de melatonina e te ajudar a dormir!

É bem fácil instalar esse programa no windows, no mac e no ubuntu, já que o pessoal disponibiliza o .deb no site. Mas, pro OpenSUSE nós fazemos assim:

Instalação

1º Baixe o pacote

VocÊ precisará baixar o pacote xflux diretamente do site deles.

Lembre-se que você vai querer o xflux daemon 64 bits. O arquivo que baixei foi o xflux64.tgz.

2º Movendo para o local corretamento

Vamos descompactar o arquivo baixado;
Vá para a pasta em que está o arquivo baixado e rode:

1
tar zxvf xflux64.tgz

Um arquivo chamado xflux vai ser criado. Agora vamos movê-lo.

1
sudo mv xflux /usr/bin/

E vamos alterar as permissões do novo arquivo. Essa permissão é, também, conhecida como drwxr-xr-x.

1
sudo chmod 755 /usr/bin/xflux

Ligando o f.lux




Viu como foi fácil instalar? Só descompactar e mover, com um pequeno ajuste de permissões de acesso.

Para iniciar o programa não é só clicar no arquivo que baixamos. E por que não? Por precisarmos inserirmos as coordenadas geográficas (latitude e longitude). Assim o f.lux vai saber a hora de começar a mudar a temperatura das cores.

Achando suas coordenadas

Se você não sabe suas coordenadas, pode usar qualquer site de gps, mapas etc. Mas é só entrar numa página específica do f.lux que você conseguirá ver sua latitude e longitude. O browser vai pedir pra saber sua localização.

Iniciando o programa

No terminal:

1
xflux -l -15, -g -47

O -l vem antes da latitude e o -g antes da longitude. Eu coloquei os dados de Brasília, para ilustrar. Você precisa colocar as suas coordenadas.

Essa vai ser a mensagem que virá. Isso significa que deu certo e a aplicação tá funcionando direitinho.

1
2
3
4
5
6
7
8
--------
Welcome to xflux (f.lux for X)
This will only work if you're running X on console.
Found 1 screen.
Your location (lat, long) is -15.0, -47.0
Your night-time color temperature is 3400
It's night time. Your screen is changing now.
Going to background: 'kill 20548' to turn off.

Desligando o app

Se você precisar desligar o app, é só terminar o processo. Na mensagem acima o processo é o 20548.

Fazendo o f.lux ligar iniciar sozinho

Tem gente que usa KDE, Gnome, XFC, etc etc etc. Então, você pode usar a ferramenta gráfica de configuração da sua DE para incluir o ‘xflux -l -15, -g -47’ (com as suas coordenadas) no inicializar ou pode fazer dessa forma aí embaixo, que serve para qualquer DE, ou mesmo OS:

Vamos criar um arquivo .desktop na pasta de inicialização do usuário, que fica em ~/.config/autostart/.

1
2
cd ~/.config/autostart/
cat > xflux.desktop

Ao digitar essa última linha aí em cima você não voltará para o prompt, mas poderá digitar o texto do arquivo recém criado.

Ó ele aqui:

1
2
[Desktop Entry]
Exec=xflux -l -15.8332, -48.0313\n

Ao reiniciar o computador, o f.lux já vai ser iniciado e de noite você verá a diminuição das luzes azuis no monitor.

Espero que isso te ajude a dormir melhor!

sucesso
delchi bruce

Compartilhar Comentários