5 Comandos Para Mudar Sua Vida


Aqui no Brasil não somos acostumados a avaliar nossa performance e nosso comportamento. Não lidamos muito bem com críticas e gostamos mesmo de um ócio. Não é verdade?

Existem várias formas de sair do ciclo vicioso de falta de produtividade em que nos encontramos algumas vezes na nossa vida.

Eu gosto, particularmente, de avaliar as ações e comportamentos e fazer um plano para ajustá-los.
Olha como faço:

A ideia aqui é bem simples: precisamos identificar e analisar nossas ações e comportamentos, para podermos ajustá-las. Isso significa parar de fazer o que nos prejudique e fazer mais daquilo que é bom. Simples, não é?

Não desanime se você não conseguir fazer tudo de uma só vez. Vá fazendo e no fim das contas as coisas estarão melhores e você será mais produtivo!

No final do post você verá isso tudo organizado emm uma tabela. Sugiro que monte a sua, mesmo que adapte a lógica para fazer uma que lhe seja mais útil. Não tem problema! A ideia é chegar ao final e conseguir montar sua própria lista de hábitos, ações e comportamentos que devem ser interrompidos, mantidos ou começados.

Os comandos

São cinco comandos que agruparão as ações e comportamentos. Aqui você precisa seguir a risca o comando dado e selecionar um ou mais item que deseja trabalhar. Além disso, cada comando tem cinco prioridades.

Para começar, vamos conhecer os comandos e as prioridades. Depois você pode preencher só um comportamento ou ação em cada, para aquecer os motores, ou fazer o exercício completo e mandar bala na mudança de vida.

Parar!


Esse talvez seja o mais fácil dos comandos! Aqui você vai colocar o que você vê como mais danoso no seu comportamento. Aquilo que está te segurando pra trás e impedindo de crescer e atingir seu objetivo.

São exemplos clássicos:

  • parar de fumar;
  • parar de duvidar de si próprio;
  • parar de matar aula;
  • parar de reclamar de tudo.

Escolha um comportamento que te segura pra trás e ponha na lista! Foque nas ações e hábitos que são danosos ou que possuem potencial danoso.

Diminuir!


Esse comando mira nos hábitos menos danosos, ou que podem ser mantidos em quantidades mais amenas. Apesar de menos danosos, ainda possuem capacidade de te segurar pra trás.

Por exemplo:

  • diminuir a ingestão de doces;
  • diminuir o tempo de TV;
  • diminuir a bagunça em casa;
  • diminuir a ingestão de refrigerantes;
  • diminuir as noitadas.

Manter!


Aqui você coloca os comportamentos, ações ou hábitos bons que você já ajustou ou que devem ser mantidos. São ações boas, ou que trazem vantagens para sua vida.

Alguns para você considerar:

  • manter a alimentação saudável;
  • manter os exercícios diários;
  • manter a quantidade de horas líquidas de estudo;
  • manter uma lista de tarefas atualizada;
  • manter o encontro semanal com a família/amigos/namorad@.

Aumentar!


Essa parte também é fundamental: saber reconhecer as coisas boas e tentar aumentá-las, para maximizar o ganho.

São exemplos de hábitos para aumentar:

  • aumentar a atenção nos estudos;
  • aumentar a quantidade de exercícios resolvidos;
  • aumentar a qualidade dos estudos;
  • aumentar a ingestão de sucos;
  • aumentar a ingestão de comida orgânica;
  • aumentar o tempo com a família.

Não tente aumentar todas as coisas boas que você faz ao mesmo tempo. Primeiro tenha certeza que consegue mantê-las, depois elenque 1 ou 2 e coloque na lista de “aumento”.

Começar!


Deve haver um bocado de coisas que você quer fazer para se sentir melhor, mais útil e produtivo, não é? Pode ser aquele exercício ou dieta que você sempre promete começar; ou seus estudos… muitas são as opções!

Bons exemplos são:

As prioridades

  • Urgente: essa prioridade define aquilo que vai mudar a sua vida, tanto em termos de saúde quanto em eficiência. As coisas urgentes devem ser feitas antes e com mais intensidade! Pense que essas são as mudanças que podem alterar toda sua vida!
  • Prioritário: esses são os comportamentos e hábitos que podem, em muito, melhorar partes da sua vida. No trabalho, nos estudos ou sua vida pessoal.
  • Importante: aqui você colocar mudanças que ajudem a melhorar aspectos específicos das suas atividades. Algo que te ajude a fazer algo melhor.
  • Eventualmente: coisas que podem melhorar seu comportamento ou ação, que você poderá fazr em algum momento.
  • Talvez: aqui entram as atividades ou comportamentos que podem ser que ajudem. Você deverá pensar neles um pouco mais depois.

A tabela

Essa aqui é a tabela que resume os comandos de ajuste de hábitos para ser mais eficiente e produtivo:

Urgente Prioritário Importante Eventualmente Talvez
PARAR!
DIMINUIR!
MANTER!
AUMENTAR!
COMEÇAR!

Você consegue preencher a tabela com ações, comportamentos ou hábitos que te seguram pra trás ou que podem impulsionar sua vida?



Pare por uns minutos e tente buscar dentro de si respostas para essas perguntas:

  • o que você precisa parar de fazer para ser uma pessoa melhor?
  • o que você deve parar de fazer para ser uma pessoa melhor?
  • o que você deve continuar fazendo para ser uma pessoa melhor?
  • o que você precisa fazer mais para ser uma pessoa melhor?
  • o que você precisa começar a fazer para ser uma pessoa melhor?

E claro, você pode substituir “ser uma pessoa melhor” por “passar no concurso”, “ser aprovado na prova” ou outros objetivos de vida.

Mantenha o foco no alvo e muita eficiencia para você!

delchi bruce

Compartilhar Comentários