6 Piores Armadilhas Para Concurseiros

Passar em um bom concurso é o sonho de muitos. Principalmente nesses momentos de instabilidade política e econômica.

A crise faz com que ser servidor seja cada vez mais interessante.

Tem muita gente estudando, mas boa parte desses estudantes caíndo nessas armadilhas.

Saiba como vencer as principais armadilhas para concurseiros.

Não estar no estado de espírito correto!

Decidir estudar para um concurso é uma decisão e tanto! Mas muitas vezes essa decisão é tomada sem que o estudante se concentre em seu estado de espírito. Com o estado de espírito prejudicado, estudar vai ser mais difícil, penoso, árduo.

Para entrar no estado de espírito mais propício para estudar, considere:

  • pense positivamente - o pensamento negativo vai impedir que atinja seu potencial;
  • se afaste de vampiros emocionais - você precisa de gente que te apoia;
  • tenha disciplina - planeje, organize e, principalmente, estude;
  • tenha foco - não se distraia do objetivo: ter um bom emprego!

Assim sendo, pare e pense. Medite. Converse com sua família e seus amigos. Esteja preparado para os desafios e, principalmente, para os sacrifícios do estudo.

Esse é um caminho longo, quase uma maratona. Então saiba e esteja preparado para os desafios que enfrentará!

Não começar a estudar já!

Uma das armadilhas mais comuns e mais avassaladoras é não começar a estudar desde já!

Sabe como é, não? Começo na segunda; ou no começo do mês; ou no ano que vem.

Adiar o início dos estudos só vai trazer mais dificuldades e mais dor de cabeça. Por diversos motivos!

Primeiro: não começar a estudar logo faz com que você não consiga se preparar corretamente, ou truncar seus estudos quando um concurso for anunciado ou o editar for publicado. Quando você atrasa o início dos trabalhos você vai atrasar sua aprovação, sua posse e seu primeiro salário!

Além disso, você perde espaço para seus concorrentes. Os caras já estão estudando e se você não começar já vai deixar que eles estejam mais avançados nos estudos. Lembre-se que tem sempre um cara que pode estar estudando para levar sua vaga.

Não saber por onde começar!

Vamos dizer que você decidiu começar a estudar desde já. A próxima coisa a fazer é mapear suas atividades e planejar seus estudos.

A organização das atividades - em todos os aspectos da sua vida - facilita o fluxo de estudos e reduz o stress diário. Se você se planeja corretamente e sabe quais são as próximas atividades, não vai ficar tenso pensando no que fazer e não vai perder tempo procrastinando.

Então, faça seu planejamento de estudos. Já!!

Se precisar de ajuda, dê uma olhada aqui.

Não consegue estudar por muito tempo!

Às vezes não estamos no clima para estudar. Se isso se repede sempre com você você pode está fazendo isso errado!

Vários fatores podem estar contribuindo para esse seu desânimo. O primeiro deles é o cansaço! Você está dormindo direito? Está acordando bem disposto e mandando bala nos estudos? Se não está é necessário rever seus hábitos e ajustar esse problema!

Talvez você consiga boas dicas aqui.

Em segundo lugar, é fundamental que você esteja estudando em um local adequado.

Seja em uma biblioteca, em uma sala de aula vazia, na casa da vó ou qualquer outro lugar que seja iluminado, quieto e que não tenha as distrações mais intensas. Isso quer dizer: nada de estudar na cama; prefira ficar longe do sofá e da geladeira. Não estude deitado, nunca!!

Então, se você arrumar uma mesa iluminada e quieta em que você possa estudar, show! Mas, às vezes, não é fácil arrumar outro local para estudar. Nesse caso, precisamos ajustar o lugar.

Se você for estudar em casa, deixe claro para todos quais são seus horários de estudo e enquanto você está estudando não está disponível. Eu até já vi gente colocando uma folha com um “Estudando! Chame apenas em caso de EMERGÊNCIA!”. Gostou? Faça o mesmo! Antes disso, no entanto, converse com todo mundo em casa e fale do seu objetivo de passar em um concurso e como vai chegar lá. Peça a compreensão e ajuda de todos e, somente então, fale que gostaria de ser deixado quieto para estudar.

Mas aí, vê se estuda! Se sua mãe for te chamar no seu “horário de estudo” e você estiver dormindo, vai dar água!

Por fim, você pode estar se alimentando errado!

Seu cérebro precisa de combustível para funcionar. Se você colocar combustível de péssima qualidade a eficiência cerebral será, certamente, afetada.

Então, tente manter uma alimentação que potencialize sua eficiência cerebral. Vegetais frescos são essenciais, assim como gorduras saudáveis e, principalmente, evitar açúcar e carboidratos simples.

Alimentos que turbinam seu cérebro:

  • açafrão-da-terra, que melhora a memória e a produção de neurônios;
  • salsinha, que impede a neurodegeneração;
  • brocolis e couve-flor, que melhoram o aprendizado e a memória;
  • nozes e castanhas, que revertem o envelecimento cerebral;
  • grão-de-bico, que aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro;
  • azeite e óleo de coco, gorduras boas e saudáveis;
  • carne magra, com alto valor proteico;
  • suco de uva, aumenta a capacidade cognitiva.

Além disso, beba bastante água e faça exercícios físicos regulares!

Não consegue lembrar do conteúdo!

Você estuda, estuda, estuda e estuda e na hora da prova não consegue lembrar o conteúdo? Ou erra na hora de responder uma questão de prova? Isso pode significar que você não está estudando da melhor forma possível.

Ler na cama não é estudar!
Ler a legislação não é estudar!
Ir à aula não é estudar!

Essa é a forma antiga de estudar! Você precisa se adequar ao ambiente super competitivo dos concursos públicos.

O texto lido de forma descontraída (como na cama ou no sofá) vai ser pouco absorvido e você terá, na hora da necessidade, a sensação de nunca ter visto aquele assunto ou não conseguirá lembrar daqueles conceitos fundamentais.

Isso significa que você precisa se sentar em um local adequado e estudar de forma sistemática. Ler, anotar, exercitar, revisar e repetir!

Anotar não é sublinhar! O sublinhar (ou marcar texto() é uma forma pouco eficiente de estudar.

O texto sublinhado irá dispersar sua atenção se você voltar a lê-lo. Além disso, desviará sua atenção no momento da leitura, já que você vai se concentrar no que deve sublinhar ao invés de prestar atenção em todo o conteúdo, de forma orgânica.

Então, se você realmente quer ser mais eficiente nos estudos e passar no concurso, estude de forma ativa!

O estudo ativo foi considerada a forma mais eficiente de estudar. A ideia é usar o conhecimento de forma ativa, ao invés da passividade de uma aula ou leitura. Mas veja só: não é pra deixar de ler ou assistir aulas! É para usar mais a forma ativa em conjunção às demais!

E como estudar ativamente?

Comece resolvendo questões ou provas anteriores do concurso que vai fazer. Resolva um bocado de questões de um assunto, confira o gabarito, anote suas dúvidas e vá procurar o porque dos seus erros.

Ache seu erro, seja na legislação, doutrina ou com auxílio de um professor. Faça a leitura do fragmento ou texto que explica o conteúdo que você errou e faça anotações para revisar depois.

Isso só funciona se você tiver um cronograma de estudos, viu?

Não se concentrar na hora de estudar!

Hoje estudamos bastante na frente doo computador, tablet ou telefone. Não tem jeito de desisitir de usá-los, especialmente usando aplicativos que ajudam nos estudos.

Aí você senta na frente do computador para estudar. Vai fazer anotações, ouvir aula ou responder questões no Mapa da Prova. Com um pequeno vacilo você vai dar uma olhadinha no facebook, no twitter ou no snapchat. Pronto! Você foi sugado para o buraco negro e dificilmente voltará a estudar.

Para evitar que isso aconteça, use ferramentas adequadas que te livram da distração e ajudam a manter o foco:

  • StayFocusd, que é uma extenção para o Chrome, Chromium e Vivaldi. Ela bloqueia todo o tráfego ou sites específicos;
  • Self Control for Study, para android, que além de bloquear sites também limita o uso de apps durante o período de estudo;
  • Offtime, que bloqueia a internet do smartphone durante seus espaços de estudo. Útil para quem usa ciclos de estudo.

O importante é que, qualquer que seja o aplicativo escolhido, você limite seu tempo de distrações e estude, estude e estude até passar!!


Fuja das armadilhas e estude produtivamente!

Sucesso!

Delchi Bruce estudou Relações internacionais e é professor de cursinho desde 2008. É apaixonado por formas de melhorar a produtividade e ser mais eficiente. É gestor de conteúdo do Mapa da Prova, ferramenta de estudo para concurseiros. Usa linux (openSUSE) desde 1999 e faz trade de bitcoin todo dia.
Você pode entrar em contato por aqui.
Compartilhar Comentários