Resolução De Ano Novo: Passar No Concurso!

A festa de Réveillon é um momento para confraternizarmos e comemorarmos as boas coisas do ano que acaba e desejar um ano melhor.

É, também, o momento de fazermos a lista de resoluções de ano novo. Emagrecer, aprender um idioma, parar de fumar, começar a estudar.

Se você quer estudar para concurso no ano de 2017 e vai fazer uma resolução, aqui estão os passos para que ela seja eficaz!

O que quer?

A primeira coisa a fazer é decidir qual será sua resolução. É importante prestar atenção e pensaar bastante antes de fazê-la, para que possa ser cumprida no ano que se inicia.

Comece pensando o que você quer. Seja direto! Seja objetivo! Seja claro!

Qual cargo deseja? Quer muito ou só um bocadinho? Vai mudar sua vida ou ela continuará na mesma? Qual o impacto na sua vida?

Pense nessas perguntas e reflita! O resultado esperado vai definir sua resolução de ano novo!

Pensou?
.
.
.
.
.
.
.
Pensa mais um pouco!
.
.
.
.
.
.
.
.
Pensou?

Agora declare seu objetivo! Pode ser passar no concurso do Banco do Brasil, ou passar no concurso da Câmara dos Deputados, ou ser diplomata. Deixar isso escrito é um bom começo. Escreva em uma folha e cole em um lugar visível.

Entenda os sacrifícios

Depois de declarar seu objetivo, pense nas implicações que isso trará a sua vida. Implicações emocionais, financeiras e práticas. Algumas das implicações serão difíceis de fazer e podem trazer sacrifícios pessois intensos. Está disposto a continuar? Vamos nessa!

Estudar para concurso não é simples e trará consequências na sua vida pessoal, na relação com sua família, no seu orçamento mensal e no tempo que terá de lazer.

Você precisará de tempo para estudar: então, separe tempo todos os dias disponíveis. O ideal é de segunda a segunda, passando por sábado, domingo, feriados, dias santos e etc. Faça uma tabela com seus compromissos, incluíndo trabalho, faculdade, tempo de deslocamento, refeições e sono. Ponha tudo que você faz e veja quanto tempo sobrou. Agora, antes de continuar, coloque o tempo que gasta com lazer: pode ser assistindo um filme ou seriado, lendo um livro, indo ao cinema, jantando fora, saindo com a namorada ou jogando um joguinho. Você terá que diminuir esse tempo, contando-os na carne!

Se você quer que sua resolução funcione, terá que diminuir o tempo de farra ou de procrastinação. Sentar e assistir 3 episódios seguidos é demais! Sair pro bar 2 vezes por semana me parece muito! Acordar tarde no final de semana é um luxo para concursados!

Entendeu tudo isso? Absorveu?

Não deixe nada ao acaso

Agora, já que você definiu o que quer e entendeu os sacrifícios, está na hora de planejar!

Ao planejar, você irá estabelecer seu plano de ação, definindo o que fará e quando fará. A principal vantagem do planejamento de estudos é não deixar nada ao acaso, além de preencher o tempo de forma inteligente, vencendo antecipadamente a procrastinação.

Existem diversas e diferente formas de planejar seus estudos. Não há uma forma certa de fazê-lo! Mas existe uma forma que recomendo, porque já vi trazer resultados surpreendentes: o cronograma por ciclos de estudo.

CICLOS de estudo são períodos de 1 semana (pequeno CICLO) e 4 ou 6 semanas (grande CICLO), em que o concurseiro estuda de forma intercalada, porém linear, as disciplinas. Cada pequeno ciclo tem uma lista de disciplinas, selecionadas de acordo com o peso de cada uma ou sua familiaridade com elas.

Os ciclos funcionam porque fazem seu cérebro trabalhar em um rítimo assíncrono. Não irá se cansar das Orações Subordinadas Substantivas Completivas Nominais pois em seguida terá outra disciplina, que faz seu cérebro não se acostumar e não se entediar.

Se você estudar sem entediar seu cérebro, vai longe!

Olhe como fazer seu cronograma baseado em ciclos, aqui.

Recarregue as energias!

Ficar estudando, estudando, estudando e estudando é cansativo! Você vai se deparar com cansaço físico, mental e emocional. Então precisa ter uma estratégia de recarregar as energias em cada um desses aspectos.

Para recarregar as energias físicas, faça um exercício! Não precisa ir à academia. Pode fazer uma caminhada pelo quarteirão, fazer prancha no chão do quarto ou jogar uma bola com a galera. Vá dar uma suada! Se for ao ar livre, melhor!

Se for um exercício solitário é possível ouvir uma aula gravada, um áudio de meditação ou um audiobook.

Para recarregar do cansaço mental existem diversas possibilidades, a depender do que você gosta de fazer. Pode ser ler um livro, assistir UM episódio da sua série favorita, sair com os amigos ou mesmo jogar bola com a galera.

Agora o cansaço emocional. Esse pode ser difícil de vencer. Eu gosto de passar um tempo com a família, cozinhando e ouvindo música. A ideia principal é que você precisa fazer alguma coisa que te traga felicidade com pessoas que te colocam pra cima. Então: fuja de quem te coloca pra baixo!!

Meditar também ajuda!

Se você não recarregar as energias não conseguirá manter a rotina de estudos e logo ira abandonar sua resolução de ano novo!

Não abandone!!

Travou? Peça ajuda!

Uma das coisas que mais levam à desistência das resoluções de ano novo são as pedras no meio do caminho. Para os concurseiros essas pedras podem ser a dificuldade em achar material para estudo, dúvidas sobre a matéria e a ausência de ajuda para saná-las ou a falta de tempo para estudar.

É verdade que se há mais dinheiro disponível, são mais as opções possíveis e pode-se dispor de mais recursos para se chegar ao sucesso. Mas não se engane, não é necessário gastar os tubos para passar no seu tão sonhado concurso.

Busque recursos por aí! São muitos os recursos gratuitos ou de baixo custo. Não só cursos e professores, mas material didático, sites de questões, grupos de estudo e todos os demais recursos intelectuais que o estudante pode ter a seu dispor. Escolher os melhores não é fácil, mas não precisa ser caro também não!

O importante é escolher os melhores professores, livros e sites que você puder. E utilize-os ao máximo! Esprema seus professores! Não adianta assistir aula e ir pra casa assistir uma série, ou pro bar tomar uma gelada. Tire dúvidas, faça questionamentos, peça dicas e sugestões.

A maioria dos professores vai te ajudar de muito bom grado. Se o professor fizer cara feia, talvez esteja na hora de buscar outro!

A ajuda não precisa ser especializada. Muitas vezes você pode pedir ajuda em casa mesmo: sua família, sua cara-metade, seus filhos e amigos próximos podem ajudar a remover as pedras no seu caminho. Converse com eles, fale sobre o concurso, sobre os estudos, suas dificuldades e peça ajuda!

Pode ser ajuda para manter o foco, ajuda nos trabalhos domésticos, no transporte pra ir pro curso ou na busca por material de estudo ou por respostas a exercícios que você não consegue resolver só.

Se você mora com seus pais, diga que precisará estudar em tal e tal período e que estará indisponível durante os estudos. Com o conjuge, diga que precisará ajustar os períodos de filmes ou de saídas. Com seus amigos, sairá menos e voltará para casa um pouco mais cedo.

Envolva seus círculos, para que eles ajudem ativamente!



Por fim, lembre-se de reforçar, todos os dias, a importância que passar no concurso trará a sua vida e de sua família. Pense no que sacrificou e no que conseguirá fazer depois de passar.

É estudando que se passa! Lembre-se disso em 2017!

Feliz ano novo! Que 2017 seja mais feliz, mais saudável, mais solidário e mais próspero!

E sucesso!

Delchi Bruce estudou Relações internacionais e é professor de cursinho desde 2008. É apaixonado por formas de melhorar a produtividade e ser mais eficiente. É gestor de conteúdo do Mapa da Prova, ferramenta de estudo para concurseiros. Usa linux (openSUSE) desde 1999 e faz trade de bitcoin todo dia.
Você pode entrar em contato por aqui.
Compartilhar Comentários