foco

O que ouvir na hora de estudar?

Muitos estudantes costumam usar café como ferramenta para foco e energia e enquanto a cafeína pode ser benéfica, não é uma solução adequada para algumas situações ou para uso intenso. Existe outra ferramenta para ajustar o foco na hora de estudar: som ambiente.

Uma pesquisa de 2012 concluiu que sons ambientes em volume moderado podem estimular a criatividade e a energia. Atente para o fato que o som ambiente deve estar em volta de 70 decibéis, sendo que acima de 80 dB o som se torna elemento de distração e de irritação. No meu caso, de irritação profunda!

É verdade, por outro lado, que além de estimular a criatividade ouvir o som adequado pode ter outros benefícios:

  • redução dos níveis de estresse
  • aumento da concentração
  • diminuição da frequência e da duração das distrações
  • melhoria no foco e no desempenho.

Esse ruído de fundo pode ser suficiente para criar uma leve distração que favorece o pensamento crítico e talvez te ajude a estudar por mais tempo sem se cansar tanto. Algumas disciplinas precisam de silêncio, principalmente se nos referirmos às disciplinas que demandam atenção extrema aos detalhes.

Algumas disciplinas permitem, inclusive, que se use música. Não sou, particularmente, favorável a liberar música para o estudante, mas acredito que em algumas situações ela pode ajudar a vencer barreiras. Por exemplo: quem está começando a estudar e se cansa ou perde a atenção rapidamente pode se favorecer ao ouvir algo que permita elevar o tempo de bunda na cadeira. E tempo de bunda na cadeira é fundamental para o sucesso. Portanto, se vai ser um barulhinho ou uma música que vai te ajudar a vencer essa barreira, vamos lá!

Existem diversos sites e aplicativos gratuitos que fornecem sons que podem ser incluídos em sua rotina de estudos. Começarei pelos meus favoritos e depois trato de outros que podem ser úteis para o seu caso. Afinal, cada estudante tem suas peculiaridades, limitações e talentos que precisam ser inseridos nas estratégias de estudo. Comece pelo Coffitivity, que permite ouvir sons de cafés, com burburinho, além do barulho de canecas e talheres. Ajuda-me bastante a vencer o relógio. Alternativamente você pode visitar o Rainy Cafe, que além do som da cafeteria é possível inserir, mais ao fundo, o barulhinho da chuva.

Por outro lado, se você não quer ouvir uma cafeteria ou se já cansou desse padrão pode tentar o ruído marrom. Esse ruído é fantástico porque contém todas as frequências audíveis por humanos. TODAS! Além de impedir que barulhos externos atrapalhem na hora da concentração.

Para ruído marrom gosto do noisili.

Cores dos ruídos

Existem outros ruídos além do marrom. Os mais conhecidos são o branco, o rosa, o violeta e o vermelho. Esses ruídos são encontrados em diversos geradores de ruído por aí, ou no youtube. Se quiser tentar um desses geradores de ruído, visite o simplenoise.

E música? Pode ouvir música?

Pode sim, especialmente se for Mozart! Aqueles que estudam ouvindo Mozart tem melhoria temporária no desempenho de tarefas mentais do tipo raciocínio espaço-temporal, fenômeno chamado Efeito Mozart. Isso pode ocorrer com outras músicas clássicas também.

mozart

Claro que não adianta criar uma playlist doida só porque alguém te disse que funciona. Conforme a ciência, algumas funções cerebrais diminuem quando se ouve sons que não se gosta, diminuindo, portanto, o foco, a concentração e o desempenho.

Na prática, você precisa ouvir algo que te ajude a melhorar. Sugiro que teste os ruídos e sons citados acima, porque eles podem te ajudar, mas mantenha a mente aberta ao fato de que você pode precisar criar a sua própria playlist de estudos. Nesse caso, lembre-se de:

  • criar sua playlist previamente. Não atrapalhe o tempo que você planejou estudar. Você planejou, certo?
  • idealmente você deve ter 3 ou 4 playlists de duração similar, de 50 a 90 minutos. Quando a playlist acabar é tempo para esticar as pernas. Como se fosse seu pomodoro.
  • evite rádio ou programas com intervenções demasiadas. Se puder, escolha algo sem anúncios.
  • manter o volume em torno de 70 dB. Mais do que isso pode afetar sua concentração.

Agora, se prepare para estudar!

Sucesso!

Comentários